sexta-feira, outubro 20, 2006

Weather Talk

RAINDROPS KEEP FALLIN ON MY HEAD...

The weather is known to be one of the dullest topics for any conversation. However, due to the uniqueness of the weather in Brasília, I decided to drop some lines about it.

A friend of mine described our weather in such a poetic way... "We have sunlight bringing us warmth in the mornings and raindrops caressing our nights." Poetic indeed. Never would I view our climate in such a sweet manner. Not that I dislike it, far from that, I find it most pleasant. The only thing is that my perception is a little more apocalyptic.

Brasília is famous for its dry season. Most foreigners complain about the dry climate, hot air, lack of wind, rain, nosebleeds, coughs, red dust all over the city... I could not agree more. It is definetly a very annoying period of the year, lasting from august to early-october, where the temperatures reach their top. After that, enters the poetic rain season she was mentioning, lasting from october to february... My favourite part of the year, for that matter.

However, how poetic that season is can be widely discussed. When they come back from the plains (Brasília sits atop of a plateau), rainclouds seems willing to mesmerise us with an awesome display of Mummy Nature's strenght. They look thick, heavy, dark and menacing. Bolts of lighting tear up the skyes, producing deafeng claps of thunder as to anounce the upcoming tropical storm. As the rain falls, heavy waterdrops cover the city as a gray veil. Many trees cannot stand the heavy load of water and strong winds and simply break in two or fall to the ground. During this time, it is wise not to park cars underneath trees or one might find some unwanted piece of lumber resting peacefully across the windshield.

As strange as that may be, all that destructive power has some paradoxal beauty attached to it. Reason why so many of us just cannot get enough of this bloody rainy season. Needless to say, after the rainfalls in the late afternoons we are rewarded with the most beautiful sunsets as the yellow cloudy skyes slowly turns to purple, welcoming an enormous golden moon in the night. Having seen sunsets in oh-so-many places, I can assure this city is gifted with the best skysights ever!

Seems there is some poetic destruction after all... =)


Photobucket - Video and Image Hosting ponte jk
Golden moon token!


Photobucket - Video and Image Hosting por-do-sol
Stormy yellow sky souvenir!

3 comentários:

Juliana Toledo disse...

Rafinha,
eu sei que sua visão apocaliptica é bem real, mas este tempo realmente me fascina....e nao consigo descreve-lo a não de forma um pouco mais sensivel e saborosa...
Esta época do ano me faz lembrar muitas coisas...minha cabeça se tranforma em um grande turbilhão de lembranças e emoções...
me recordo do primeiro semestre de faculdade...e agora já me desespero com a monografia..
me lembra um namoradinho que tive...e que vivemos coisas agradáveis para a idade que tinhamos...
Esta época é reforçada por aromas...cheiro de chuva...o vento sopra de forma descontrolada a chegada dos pindos d'agua...nos informando que devemos nos recolher em nossos recintos...
e os péssimos programas na televisão nos dizem que devemos chamar o "companheiro" para assistir filme europeu, pois os programas na TV são indiscutivelmente ridiculos e pouco informativos...
Enfim, não podemos não gostar de uma épca tão agraciada...onde o amor deve prevalecer... É neste momento que a vida berra em nossos ouvidos...que por mais desgastante que seja...devemos brindar ao amor!!!
Bjoks

Caly disse...

Ohhh.... post in english... #___#
Li só até a metade... :-p
Beijinhos saudosos!

Juliana Toledo disse...

Rafinha,
hoje pela manhã não tive como deixar de lembrar de nossas conversas sobre o clima de Bsb. A manha estava perfeita. Sentia a todo momento os raios de sol me abraçarem. É como se eles (os raios) estivessem felizes por estar de pé tão cedo para cumprimentá-los. Sai cedo, não tanto como deveria, pois pra variar, estava atrasada, mas enfim...sai. E foi o maior presente que a natureza poderia ter me dado...depois de tantas coisas desgastantes vem a natureza (Deus) e nos diz que a vida é bela.
Ao sair caminhando rumo a parada de "onibus"...pude perceber o quão feliz estavam todos. Nos olhares satisfação e alegria por ver um dia tão belo, após o grande temporal passado. Muitos conhecedores do clima desta provincia estranha estavam precavidos. Nas mãos guarda-chuva e casaco. Para um não morador da "capital" isso seria um tanto quanto estranho, mas basta esperar até o fim do dia para percebermos que certo estão eles. E assim foi. Claro, em Brasilia não poderia ser tão diferente. Em meio a calorosa tarde (que estava repleta de coisas para fazer...) desaba aquele temporal que assusta e preocupa as mulheres (rs...arrumadas e desprovidas de condução propria)e mais uma vez concluimos: Quem entende o clima de Brasília? Somente quem vive aqui.
BJOKS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...