sexta-feira, julho 20, 2007

Über Download

Quem nunca "baixou" alguma coisa da Internet e se deparou com o por vezes fatídico "x% complete"? Quantas vezes eu não fiquei horas olhando a porcentagem estática, acreditando que a máquina havia travado para, no momento em que iria chegar ao 100%, apertar o "CANCEL", perder tudo e ficar não muito feliz da vida...

Eis que hoje presenciei um Download Mágico, que foi além do 100%!!!! Nunca havia visto isso! Para ninguém dizer que eu estou mentindo, aí está a prova!!!

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket download_rapido
...É como se o copo estivesse metade cheio, metade cheio e metade cheio!
Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket cinquenta reais
...Nada a ver com downloads, mas acabaram de me desejar "FELIZ DIA DO AMIGO". Nem sabia que era hoje.Devo ser um amigo da onça mesmo....
Finalizando, Feliz Dia dos Amigos aos que passarem por aqui!!

quarta-feira, julho 18, 2007

Gestão em Crise

Quando estava na universidade, tive uma aula de comunicação organizacional. O professor que ministrava essa matéria tinha também o duro trabalho de "gestor de crise". Sempre que alguma grande empresa ou membro do governo tinha seu nome sujo na lama, envolvido em algum escândalo, ele ia e cuidava da imagem da pessoa (física ou jurídica).

Por conta disso, muito do meu curso foi direcionado para esse tópico, um tanto interessante. Aprendi com esse professor, que a imagem perante a opinião pública é de extrema importância. O envolvido em um escândalo deve zelar por esta e manter sua credibilidade perante a população. Como conseguir isso? Com a verdade. Acusação de corrupção? Roubamos sim. Está sendo investigado e os envolvidos serão punidos. Desvio de verba? Desviamos! Acidente químico? Sim... Houve um acidente em nossa fábrica e litros de veneno vazaram para o córrego que banha a cidade. Tudo é investigado e resolvido com transparência. A população acaba por esquecer ou aceitar o fato e a credibilidade não é abalada.

No Brasil, porém, aplica-se o contrário. Ninguém vê nada, ninguém sabe de nada, bois são valorizados, bezerras são compradas, cestas básicas são distribuídas e, sob o lema do "rouba mas faz", a opinião pública acaba aceitando o Caixa Dois e esquecendo da lama... Já no que tange à credibilidade das instituições, fica esta embaçada.

A força de contar com o esquecimento, acabaremos por criar verdadeiras instituições de gestão folclóricas onde farão-de-conta que tudo está sob controle. Teremos que investigar a investigação, duvidar da certeza e questionar a ética. Um belo futuro se anuncia...

quinta-feira, julho 05, 2007

Literatura Global

Em 1995, talvez influenciado por Paulo Coelho e pelos "hippies" da escola, eu me interessava muito por ocultismo, esoterismo e essas coisas que abrem o olho da mente para o metafísico. Não adiantou muito pois até hoje o meu olho-metafísico está fechado, diga-se de passagem.

Devido a esse meu interesse, eu conhecia bem as prateleiras da seção "ESOTERISMO" de cada livraria da cidade. Naquele ano notei uma aparição, como que por magia, de livros sobre ciganos e sua cultura. Eram MUITOS livros. Havia para todos os gostos: "Tarot Cigano", "O Horóscopo Cigano", "Magia Cigana" e "Os Habitantes de Atlântida" (são os ciganos, sabiam dessa?!?!?!). Até em banca de jornal eu achava coisas sobre os ciganos; eles me perseguiam.

Na épooca, a Rede Globo transmitia uma novela chamada "Explode Coração". Na trama, os ciganos! Os ciganos da Globo trouxeram a improvável moda da ciganidade e desenterraram o Sidney Magal.

Tempos mais tarde, "Terra Nostra", da mesma emissora, tratava da imigração italiana e despertou um estranho sentimento italiano entre nós. Cheguei a ver outdoors com propagandas em italiano, em plena BRASÍLIA! Hoje, por conta da "Pedra do Reino", a obra de Suassuna encontra-se em destaque, nas prateleiras da frente das melhores livrarias. Antes estava escondida com o restante da literatura nacional menos recente. Para dizer a verdade, eu nem sabia da existência da obra, antes da minissérie.

Dizem que no Brasil, ninguém lê. É verdade. Mas a Rede Globo pode ser a salvação. Que eles continuem adaptando as grandes obras e fazendo estranhas novelas sobre ciganos. Em nome da diversidade cultural, o Domingão semanal que eles me preparam estará perdoado.

Em tempo: ouvi dizer que essa hiostória de o Sidney Magal se apresentar como cigano foi idéia do produtor dele, a saber, o Mago Imortal Paulo Coelho.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...