quinta-feira, março 27, 2008

Do Raphael pobre pro Rafael rico.

Esta semana assistimos à milionarização do Rafinha, vencedor do Big Brother 8. De costas pra TV, enquanto saboreava um rôti de batata ao som de Pitty, eu pensava... O tal Rafinha vai sair dali com 1 milhão, computador, carro, moto e talvez mais alguma coisa que eu não saiba por não ser um aficcionado do programa (na verdade, há duas semanas, soube que havia um xará na casa). Prêmio muito pequeno!! Se eu fosse ele, reclamava com o PROCON. O que a Globo está pensando? Você passa meses naquela casa chata pra sair com uma merreca dessas? Não compensa.

Explico-me. Baseio minha teoria da merreca na premissa de que "tempo é dinheiro". Desconsidero o tempo que Rafinha passou na casa para meu cálculo.

Para dar ao vencedor 1 milhão de reais, foram necessários 76 milhões de votos. Considerando que cada cidadão levou no mínimo 2 segundos de sua vida pra votar no Rafinha, isso dá a ele uma cota de 152 milhões de segundos alheios perdidos em seu favor. 152.000.000 segundos são 2.533.333,33 minutos, que por sua vez integram 42.222,221 horas. Esse número corresponde a 1.759,25925 dias. Logo, 4,81988835 ANOS de nossas vidas foram dedicados para somar 1 milhão à conta do rapaz.

Só acho que, se 76 milhões de brasileiros trabalhassem esse tempo todo, a renda gerada seria infinitamente superior a 1 milhão de reais. Rafinha, meu amigo, infelizmente você há de concordar... O Bial te passou a perna!

Um comentário:

Line disse...

aê... eu tava torcendo pro Rafinha (adoro um rafa...)
e votei nele várias vezes... so pra ele ganhar...rs...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...