sexta-feira, outubro 30, 2009

No Ryokan

A última noite em Kyoto merece um post apenas para ela. Após o Festival, fui para o "bairro" de Gion, na parte antiga da cidade, onde ficam as geiko e maiko (popularmente conhecidas como gueixas). É uma profissão em declínio devido à complexidade. Além de terem que tocar instrumentos tradicionais, essas mulheres devem ainda falar o dialeto de Kyoto, e serem versáteis em diversos assuntos. Ouvi dizer que há apenas umas 30 ou 40 "gueixas" em atividade hoje.

Em Gion, fiquei em um Ryokan, uma pousada tradicional japonesa que tenta preservar os costumes da época do Japão feudal. A idéia é "voltar ao passado". Chegando ao estabelecimento, você imediatamente tem de tirar os sapatos e colocar chinelos para não danificar o tatame que cobre todo o chão. No quarto, praticamente não há móveis, exceto algumas cadeiras e a mesa de chá. O teto, feito sob medida para os japoneses daquela época é bem baixo para os padrões ocidentais. Dentro do armário, você pode vestir o "yukata", roupa tradicional.

Cheguei no quarto e, de repente, entra uma senhora de kimono para perguntar que hora eu queria a janta e a cama. No Ryokan, não sei se é costume samurai, eles entram no seu quarto sem bater. Foi assim com a senhora das boas vindas, a senhora da comida e o rapaz que veio convidar para a cerimônia do chá. A janta japonesa é bem servida e havia vários pratos diferentes, com coisas que eu nem imagino o que eram. Reservei um "banho típico" pras 23h e após o jantar, desci até a casa de chá para a cerimônia.

quarto do ryokan em kyoto
Quarto do Ryokan, antes da invasão.

jantar tradicional japones
Jantar servido!

Terminada a cerimônia do chá às 21h, resolvi sair pela cidade e ir até a rua chamada "Ponto Cho". A rua é paralela ao rio que atravessa a cidade. Por ser extremamente estreita, não há tráfego de veículos. É uma rua muito tradicional e antiga no Gion e, com alguma sorte, dá pra ver alguma geiko ou maiko caminhando por lá. É uma espécie que quartel-general delas... A noite de Kyoto é bem bucólica, com casais na beira do rio contemplando a escuridão. Andar por Ponto Cho é, de certa forma, uma volta no tempo. Tudo ali é muito antigo e em toda porta há algum amuleto contra os maus espíritos. Os japoneses parecem ser mais supersticiosos que religiosos. Parei para um sake em um bar antigo da rua que oferecia enorme variedade da bebida.

loja de sake
Muito sake!!!

cardapio em japones
...Mas o cardápio é em japonês!!

Apontei para 2 preços e o garçom deu a entender que eram uma boa pedida. Veio a surpresa; um em uma garrafa azul e outra em uma garrafa de vidro escuro. O primeiro com gosto de flor. O segundo com gosto de sake mesmo.

Voltei a andar na rua e enquanto eu olhava uma vitrine... Passou por mim uma gueixa! Estava acompanhada por um casal e parecia indiferente ao mundo; só olhava pra frente. Fui lá pedir uma foto e o casal fez uma careta, o que em japonês quer dizer "NÃO MESMO!!!!". A gueixa me olhou de rabo de olho e seguiu o caminho. Ou seja, era pra aparecer uma gueixa aqui! Já eram quase 23h e eu voltei pro Ryokan, para relaxar em uma banheira de água quente. No quarto, a cama pronta me aguardava no chão. Dia seguinte, acordaria cedo para ir a Nara, cidade dos veadinhos (brasileiro TEM que pensar besteira...)

rua pontocho em kyoto
Ponto Cho

lanternas japonesas
Lanternas na frente dos bares em Kyoto

Um comentário:

Gabrielle Avelar disse...

Ok, Rafa... Não pensei besteira!!! Hehehehehehe!!!
Mas, hein... Queria ver uma gueixa de verdade, oras! Que povo chato, né?
Eu não sei quanto a você, mas eu acho que eu ia achar essa história de entrar sem bater uma temeridade!!! Hehehehehehe!!! Mas, pensando bem, os japas não devem ficar, digamos assim, mais à vontade enquanto há gente acordada em casa... Ou então há uma espécie de código entre eles que lhes digam quando se pode e quando se deve entrar ou sair sem constranger as pessoas... Tudo muito diferente mesmo. Nós ocidentais, para começo de conversa somos muito ruidosos.
Estou amando sua viagem!
Beijos enormes e obrigada pela força!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...