domingo, outubro 25, 2009

O Ditador e o Ninja

Resolvi não falar ainda das viagens para além Tokyo. Antes do "prato principal", um post com umas curiosidades daqui...

Andando pelas ruas menos populares daqui e de qualquer outro canto do mundo é que você encontra as coisas mais bizarras. Essa é a minha teoria. Perdido do bairro de... Shinjuku (eu acho; estava perdido) me deparei com essa enigmática placa na rua.

cabeleireiro bizarro
Primeiro, acreditei ter encontrado o designer capilar de Kim Jong Il. Um pouco mais adiante, vi que se tratava de uma loja de perfumes e cosméticos. Numa TV na vitrine, o sujeito da placa bradava algo em japonês sobre seus produtos, num programa estilo POLISHOP. Dentro da loja, um altar com moedas e velas homenageava o ser topetudoque figurava como uma estátua de cera extravagante na pequena construção. E finalmente, vi sair dos fundos da loja, o abençoado vendedor sorridente. Não quis entrar na loja, com medo de o sujeito qurer me vender algum gel mágico para o cabelo. Se eu não ficasse satisfeito, ele devolveria o meu dinheiro.

A noite, fomos ao restaurante NINJA no bairro de Akasaka.

restaurante ninja em toquio

Nesse restaurante extremamente pirotécnico é servida uma comida japonesa mais moderna e sofisticada. Entramos em um quarto escuro e uma parede se abre. A passagem leva ao esconderijo secreto dos ninjas. Os garçons são todos vestidos a caráter e alguns pratos são introduzidos com todo um show de arte ninja, como o "escargot explosivo" e a sopa fervida na pedra vulcânica quente. Antes da sobremesa, um Mestre Ninja vem até a nossa mesa fazer um show de mágica. Ainda estou me perguntando como ele transformou um jogo de cartas na MINHA mão em um bloco de acrílico...

gastronomia refinada oriental
Sushi Ninja!

sala do restaurante ninja
Sala Ninja!

Proximamente: Trem bala pra Kyoto

Um comentário:

Gabrielle Avelar disse...

Quero também... Um jantar ninja! Quanta emoção, gente!!! Ai!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...