segunda-feira, maio 17, 2010

Blogger!

Aula de informática. O professor estava falando sobre os serviços da Internet. Motores de busca, webmail, twitter; que é um "microblog"-coisa que eu discordo; e blog, entre outros. A definição dada por ele a "BLOG" foi a de "uma forma de perda de tempo adotada por pessoas que acreditam que suas vidas interessam ao resto da humanidade". Continuou qualificando os blogueiros profissionais (probloggers) de "escória da raça humana" (ele se enquadra na primeira categoria).

O primeiro blog que eu li era escrito por dois amigos meus. Não lembro o nome e acredito ter ele durado por pouco mais de dois meses. O segundo blog que eu li chamava-se Caly at All (nunca entendi o nome desse blog. Talvez uma modificação da expressão Nothing at All? Trocar Nothing por um nome próprio não me faz muito sentido). Minha amiga que escrevia at All contava muito de sua vida ali. Às vezes tanto que eu até assustava. Mas era eficiente. Meu professor teria ficado espantado. Sim, o mundo estava de fato interessado em sua vida, visto a popularidade de seu site.

Agora, se postar a vida é sinônimo de uma pretensiosa perda de tempo, o que dizer de seguir blogs? Isso, imagino eu, deve ser pior ainda. Bigue Broder Virtual!! E quantas pessoas não ficam seguindo a vida de totais desconhecidos? Eu mesmo já segui.

E finalmente, a má notícia para todos que me seguem. O meu blog, nem pra falar da minha vida fala. Só escrevo trivialidades que não acrescentam nada a cultura de ninguém.

...Mas se deixarem de me seguir, vou ficar triste.

--------------------------------------------

Voltando ao Twitter, pra mim não é um microblog. É uma ferramenta caótica por sua velocidade, cacofônica pela quantidade de informação improcessável e anárquica por ser deliberadamente usada como MSN Messenger, Forum, ICQ, fotolog e, de repente, até Orkut. Ao mesmo tempo odiável e adorável em sua simples complexidade...

3 comentários:

Sara disse...

Para mim esse aqui é um escape gostoso que me rende boas risadas e as vezes reflexões, quanto ao twitter não me agrada também não...e o professor: bem, ele tem o direito de ter as opiniões dele. E continuo te seguindo Dom desconhecido.

deo, a terrível. disse...

Hehe
Então, cada um tem seus motivos pra estar na blogosfera (aposto que o professor odiaria essa expressão tbm). Eu gosto de ler o que as outras pessoas escrevem, mas os blogs que menos me interessam são os que as pessoas usam pra contar suas vidas. Eu faço um pouco disso também, mas procuro nao dar detalhes de tudo que eu faço.
Mas cada um é cada um, né...

Hasta o/
=)

Raíssa Biolcati disse...

Bom, meu blog fala muito da minha vida sim. E eu dou preferência aos blogues pessoais e não aos profissionais. Acredito que se aprende muito mais sobre a vida e sobre como lidar com as situações diárias trocando ideias do que lendo uma repotagem que na maioria das vezes só fala da vida dos outros ou já vem com o intuito de te fazer pensar de uma determinada maneira. Blogues pessoais me fazem refletir, analisar as situações, as pessoas, o nosso comportamento, enfim, me fazem ser uma pessoa melhor.

E concordo com você quanto ao twitter!

Can you read my mind - The killers. ;)
Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...