segunda-feira, junho 27, 2011

O exame legal

Há alguns posts, falei sobre o exame de sangue e o pão de queijo. Agora, vou voltar à temática clínica. Recentemente, fiz dois exames que envolviam inserção de câmeras no meu corpo, por entradas obviamente permitidas (no caso contrário, tais exames jamais estariam expostos aqui). O primeiro, já começando pelo nome é, no mínimo desagradável. Preparem-se caso algum dia o médico lhes peça uma nasofibrolaringoscopia! Envolve o "Naso", o "Fibro (?)", o "Laringo" e a "Copia"; esta última já trazendo consigo a idéia da câmera. Então, lá estava eu sentado na cadeira quando noto o médico enrolando algodão em algo parecido com uma agulha de tricô e molhando em um líquido. Duas agulhas, que foram parar no meu nariz, depositando o algodão lá dentro. Eu nunca imaginei que um nariz fosse tão profundo. Quando ele retirou o algodão, eu já estava com o dito-cujo e a garganta anestesiados. Tudo foi devidamente filmado, eu vi minha garganta, septo e redondezas. Talvez a couve que eu almocei presa lá no fundo. Mas após o exame... Não só a garganta parecia inchada como se estivesse duplicada de tamanho como também o nariz estava com defeito. Senti algo líquido aproximando-se da boca e... Era óbvio! O narigão estava anestesiado e lá estava eu com uma incontinência nasal que iria durar mais umas 2 horas. Em seguida, fiquei espirrando xilocaína a noite toda. 

Umas semanas depois, fui fazer uma endoscopia. Câmera no estômago!! Tal como o anterior, eu nunca havia feito. Mil perguntas ao médico para me inteirar sobre o procedimento. "A gente espirra um pouco de xilocaína na sua garganta e te injeta um remédio no braço pra você ficar tranquilo"(lá vem a xilocaína na garganta de novo! Com algum relaxante muscular). O remédio tranquilizador não me tranquilizava em nada. Vai que ardia? Eu odeio quando me injetam coisa que arde. No dia do exame, eu fui lá e tive a xilocaína aplicada na garganta. Depois foi o remédio tranquilizador. Ardeu um pouco e eu fiz cara feia. A enfermeira disse que iria aplicar devagar e não ia mais doer. Eu olhei aquela seringa no meu braço e moça foi pegar sei lá o quê na bancada ao lado. Depois, o médico mandou eu ir para um quarto ao lado relaxar. "Esperar o remédio fazer efeito" - pensei. E como havia acordado muito cedo, eu deitei na cadeira-de-dentista-confortável e dormi. Volta e meia acordava com o meu ronco. O remédio já estava fazendo efeito. Aí me chamaram. Eu levantei e vi minha tia e o médico entregando a ela o laudo.

Ah não... Peraí... O exame foi feito entre a visão da seringa enfiada no meu braço e a caminhada até a sala?  E eu nem vi o caboclo me filmando? E ninguém me avisou desse vácuo na minha existência? Fiquei um tanto decepcionado; queria ver o filme do médico!!

Esse exame, porém, não tem uma sequência tão horrível quanto a do anterior. Saí do consultório acordado, andando sozinho, conversando normalmente com a minha tia. Mas não me lembro de muita coisa. Só de o médico falando sobre "retorno após a biópsia", eu e minha tia levando um material para um laboratório qualquer, eu errando o valor de algum cheque que eu passei pra alguém, eu me pesando em alguma balança e vendo algum peso que esqueceria minutos depois e eu caindo na cama em casa pra acordar após umas duas horas de sono tranquilo. O que eu estava fazendo ali mesmo? Ainda não sabia ao certo o que havia acontecido, mas sabia que tinha sido bom...

COWABUNGA!!!  
DRÔGAS LÍCITAS RULEZ!!!!

2 comentários:

Deo a Terrível disse...

Rafa,
Eu espero que esteja tudo bem contigo. Ninguém faz essas 'copias' todas aí só de rotina... Mas tomara que não seja nada, que você tenha gastado tempo, grana e vácuo na memória só pra saber que está bem. Hehe!

Besos!
" )

Dom Rafa disse...

É, Deozita... Tava com um estrombolho aqui que podia ser coisa de pescoço e/ou de estômago (faz sentido né? é uma região razoavelmente conectada). Mas, do nada, sumiu. Vai entender né? Exames: nada no pescoço. Esofagite discreta e gastrite crônica. Pfff... Mas como eu tou me sentindo ótimo, só vou maneirar nas frituras pra não piorar. Tipo... 1 hamburguer por semana em vez de 2.

Beijos! =)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...