quinta-feira, junho 16, 2011

Vilões.

Ha uns tempos, escrevi aqui um post sobre videogames. Um tanto impopular, eu admito. Foi meu atestado de NERD aqui no Blog. Pros que não leram (foi muito longo), em uma parte falo de AZEL, um dos meus jogos favoritos. E foi Azel que serviu de gatilho para este post. Fiquem calmos; eu não vou falar de videogames. Tudo começou quando eu resolvi ver o filme de introdução do já mencionado jogo no YouTube. Tudo ia muito bem até que me aparece o vilão da história. E me aparece RINDO!

 
Gargalhada sinistra aos 6:15.

Sempre me indaguei... Porque é que vilão ri? Em desenhos animados, videogames e filmes (geralmente os menos sérios - vá lá) lá está o "cara do mal" dando uma risada sinistra enquanto faz suas maldades. Já vi isso na novela das seis também. Vão me dizer que é porque ele sente prazer em suas maldades. Então, se eu for uma alma caridosa, darei gargalhadas de bondade e simpatia cada vez que ajudar ao próximo? Seria a óbvia contrapartida. A menos que eu seja humilde demais para expressar minha alegria. Mas na minha bondade, acredito que seria melhor rir e demonstrar minha satisfação; espalhando a alegria por aí. 

Quando trago isso pra realidade, acho que a coisa piora. Será que os grandes vilões da história gargalhavam com suas atrocidades? Vlad Dracul, pelo que eu li, tinha o costume de empalar seus desafetos e os inimigos derrotados em guerras em lanças que ficavam espetadas no jardim do palácio. Ele gostava de tomar café em meio aos condenados agonizantes. Eu nunca fui empalado, mas juro que é uma morte horrível. É atroz e grotesca o suficiente para provocar crises de riso que provavelmente causariam morte por asfixia a qualquer vilão. Mas eu não vejo Vlad Dracul engasgando sua rosquinha com chá ao ver a cena. Também não vejo homens bomba gargalhando ao explodir ou governantes com aspirações bélicas morrendo de rir ao anunciar sua primeira bomba atômica. 

Temos aqui uma crise de credibilidade. Empalar desafetos não tem a mínima graça.

vilao dando gargalhada
Hoje é sexta; dia de Happy Hour. Vou explodir o bar da esquina.




MUAHAHAHAHAHHAHAHA

4 comentários:

Clarissa disse...

Esse Vlad era um cão!

Dom Rafa disse...

Yep. It's dog.

Deo a Terrível disse...

Ah, sei lá o motivo do riso, mas é fato que eu sempre simpatizo com os vilões de qualquer história. Ta, nem sempre, só os da ficção. E nem todos.
Ah! Um viva para os vilões! (Viva!)

"P

Dom Rafa disse...

Vai ver o riso é para torná-los mais simpáticos? (nova teoria, após ler o seu comentário, Deo)

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...