quinta-feira, julho 28, 2011

Férias 1

Após AAAAAAAAAAAAAAAAAAAANOS de trabalho árduo (mentira) finalmente tirei férias. Quem mora em Brasília sabe; ficar demais naquela cidade, mesmo que você goste, causa danos irreversíveis à saúde. Assim sendo, resolvi passar uma semana no Rio e outra no Paraguai, esticando para Ciudad del Este (sou consumista sim-e daí?) e Foz do Iguaçu.

A saída de Brasília foi conturbada. Pra minha pessoa, um vôo às 9h20 da manhã, num "dia de barba" é uma coisa meio tensa. Sim, eu fiquei me embonecando/verificando mala tempo demais e, chegando ao aeroporto às 8h55, perdi o vôo. Isso porque acordei às 6h30 da manhã. Acordarei às 5h da próxima vez, em nome da tranquilidade. Mudei de aeroporto (de chegada) e aterrissei no Rio 2h após o previsto.

Rio de Janeiro é a Cidade Maravilhosa. Não vou dizer que adoraria morar lá; mas é a melhor cidade do mundo e isso não se discute. Tem Copacabana, boemia, névoa sobre o mar, vistas de tirar o fôlego, bairros emblemáticos, igrejas, palácios, Garota de Ipanema, Maracanã, antigo e moderno. Se você chegar pelo aeroporto do Galeão, a cidade lhe dará as boas vindas com um inesquecível cheiro de carniça. Vai por mim; até a carniça lá é melhor que alhures. Se você for pelo Santos Dummond, terá uma belíssima vista da cidade ao pousar praticamente no meio do mar.

Como sempre, meu propósito número um por ali era visitar a família. Porém, dessa vez, consegui dar uma de turista e, finalmente, conheci o belíssimo bairro da Lapa, com sua infinidade de bares, botecos e inferninhos da melhor qualidade (cortesia das minhas primas). Outro ponto turístico inesquecível foi o bonde do Pão de Açúcar, que dá uma vista linda da Zona Sul. No dia, a cidade estava coberta com uma névoa, que atrapalhou um pouco a visão e acinzentou minhas fotos. Na saída, no exato momento em que eu descia, uma névoa espessa, de cegar morcego, tomou conta do topo da pedra do Pão de Açúcar. Que subisse lá não veria mais nada. EPIC WIN (pra mim, é lógico).

Mais tarde, na ida para o Galeão (em cima da hora, como sempre), tomamos uma chuva. Cheguei a um aeroporto vazio, graças ao bom Deus padroeiro dos Atrasados. Rumo ao Paraguai.

pao de acucar encoberto
Mamãe já me disse que é feio rir da desgraça alheia, tirar foto e pôr no Blog, mas eu não resisti. Passagem para o Pão de Açúcar: R$ 53,00 por pessoa...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...