terça-feira, fevereiro 28, 2012

Sejam bem-vindos por aqui.

Em Nova Iorque, eu comi em um restaurante "Cajun". Cajun, pronunciado "keidjan", vem do termo francês "ACADIENS", ou, abreviado, "CADIENS". Os Acadianos são franceses carinhosamente expulsos do Canadá por ingleses e mandados para a Louisiania - separaram as famílias; mamãe ficava no Canadá, papai ia pro front e a filha de 10 anos ia pra Nova Orleans com um monte de desconhecidos na mesma situação. Objetivo: semear o caos e a desgraça. Mas eu não vim falar de famílias sendo destroçadas aqui. A comida cajun é danada de boa, apimentada e meio caramelada.

cajun dirty rice
Cajun dirty rice - arroz "sujo" - apimentado com miúdos de porco ou galinha (é o que dizem).

Em Vancouver, eu provei comida cambojana, laociana, vietnamita, malaia, tailandesa e talvez alguma cozinha do Planeta Klingom ou da Terra Média. Como eu gosto de comer, nada melhor do que as cozinhas do mundo virem até mim. 

Porém, se na América do Norte e Europa é relativamente fácil encontrar restaurantes estrangeiros, no Brasil isso fica mais complicado (com a exceção de São Paulo, talvez, mas eu nunca estive lá ; não posso falar como é). Aqui onde eu moro, temos uns árabes, chineses, japoneses, americanos, peruanos, mexicanos e um javanês/chinês. Fora os tradicionais europeus.

Um pouco como ocorreu com nossos vizinhos do norte, a cultura local foi fortemente influenciada pela imigração, incluindo-se aí a parte gastronômica da coisa. Por essas e por outras, eu sempre tive imensa curiosidade em saber "quem vem pra cá", trazendo sua cultura e, de quebra, sua comida! Venho recebendo um informativo do Ministério da Justiça onde tomo conhecimento dos estrangeiros que  têm sua situação regularizada por aqui, de onde vêm e onde moram. 

Dessa forma, posso dizer assim "por alto" que temos:

Cubanos: poucos, geralmente vêm para Brasília.
Bolivianos, peruanos, argentinos, uruguaios, paraguaios: se instalam em estados fronteiriços. Mato Grosso do Sul e Paraná são bem procurados.
Chineses: a maioria de Taiwan; vão pra todo lado.
Nigerianos, angolanos, indianos, libaneses, europeus, americanos, japoneses, turcos e todos os já citados acima: São Paulo. Todo mundo AMA São Paulo. 

Não vislumbro muito este cenário, mas uns vietnamitas bem que podiam vir parar por aqui e investirem no ramo gastronômico. Eu gosto de tudo, mas a comida vietnamita é provavelmente a minha favorita. O "rolinho primavera na folha de arroz, cozido no vapor" e a "pata de carangueijo frita" são iguarias divinas.

rolinho de arroz ao vapor goi cuon
 Goi Cuon (rolinho de folha de arroz vegetariano) e Bi Cuon (carne de porco) com molho picante de amendoim; Nuoc Cham. Omnomnomnom...

Pronto. Fiz um post-salada, falando de mil coisas. Agora estou com fome e vou almoçar. Comida brasileira mesmo. Também é excelente! 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...