quinta-feira, julho 12, 2012

Barata Facts

“Eu tenho pavor de barata! Quando a gente pisa nelas, Juba, Faz CRREC!. Aí sai aquela gosma pelos lados." (Armação Ilimitada)
Barata é um animal nojento, fétido e assustador. Tanto que eu ia colocar foto de barata nesse post, mas meu estômago embrulhou e eu desisti. Ao ver a foto, eu sinto o cheiro... Ao escrever, estou sentindo o cheiro. 

Mas aqui, vou enfeitar a barata. Afinal, se formos analisar, trata-se de um bicho admirável. 

barata fofa
Cutchi-cutchi

O inseto marrom com duas antenas que mexem pra lá e pra cá faz parte da família Blattidae, que a julgar pelo número de indivíduos deve ter uma vida sexual bastante ativa. Não lembro onde li, colocarei aqui números aproximados e sem referência – coisa que eu detesto fazer – mas estima-se que haja uma média de 6 ratos por habitante no mundo e 20 baratas para cada rato. E você achando que havia muita gente em Calcutá...

Falando em sexo, esses bichos copulam por cerca de 1h e algumas fêmeas podem ficar grávidas para a vida toda, espalhando sua prole por aí. Quando o macho tem seus orgasmos, ele emite sons pornográficos.

sexo das baratas
Baratas: adeptas do Kama-Sutra, ficam cerca de uma hora copulando. 

Esses insetos crocantes preferem lugares quentes e escuros e comem o que vier pela frente, incluindo couro e cola de selo. E, como são uma grande família, não raro agem de forma organizada e largam uma trilha de mini-cocô para que os demais encontrem a fonte de alimento.

Agora vem a parte mais interessante sobre a barata. É fácil matá-la com Baygon, Havaianas ou maçarico (o mais destruidor, logo, o mais divertido. Recomendo!). Mas elas têm umas resistências invejáveis. Pra começar, ela consegue sobreviver 1 mês sem comida. O que é difícil, já que, na tradição delas, tudo se come. Afogamento? Elas não sabem ao certo o que o que é isso. Mas também quando souberem, não fará mais a mínima diferença. Essas pragas ficam facilmente uma meia hora sem respirar. Se você, com objetivos homicidas inseticidas, der descarga em alguma delas, ela voltará para se vingar e acomodar-se-á na sua orelha à noite – já vou avisando. O cérebro da barata também tem a particularidade de não estar na cabeça, mas sim espalhado pelo corpo. Acho que a cabeça da barata serve tão somente para comer. Isso faz com que ela seja imune à guilhotina. Sem a cabeça, uma barata sobrevive por uns 10 dias, até morrer de fome. 

barata morta
Carbonização da barata: rápido, eficiente e pirotécnico.

barata zumbi
Braaaaaaaaaaaaaaaaaiiiinnsssss

Finalmente, fui pesquisar sobre a famosa teoria de que a barata sobreviveria a um holocausto nuclear. Como eu havia imaginado, é apenas uma verdade “parcial”. Elas apresentam uma maior resistência à radiação, porém, ainda sofrem os efeitos desta. Mas é provável que com a radiação, a reprodução desenfreada na família Blattidae e o Darwinismo, as baratas acabem por se tornar seres mutantes, com uma antena crescendo nas costas e uma cabeça extra sem função brotando no tórax. Dessa vez, imunes a Baygon.

barata mutante
Como eu imagino a barata do futuro: sobrevivente em um mundo atômico, mutante, cada vez mais altas e com as patas do meio atrofiadas pois já anda em pé.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...